Quinto, Raikkonen lamenta pontos perdidos para Alonso

Finlandês disse que sua Lotus não tinha velocidade de reta suficiente para lutar de igual para igual com rivais
 
Kimi Raikkonen pode ter subido para a terceira colocação no Mundial de Pilotos com o quinto lugar no GP da Itália, mas não se mostrou satisfeito. Afinal, o finlandês perdeu mais cinco pontos em relação ao líder Fernando Alonso após uma corrida frustrante pela falta de velocidade de reta de sua Lotus.

“É bom chegar à terceira posição no Mundial de Pilotos, mas perdemos alguns pontos em relação a Fernando, o que não é o ideal. Foi um final de semana difícil, pois estávamos muito lentos na reta.

Assim, foi difícil manter a posição e, mesmo com a DRS, estava bem complicado de ultrapassar.

Chegamos para esta corrida pensando em ser sextos ou sétimos e acho que é o máximo que podíamos alcançar.”

Substituindo o suspenso Romain Grosjean no GP da Itália, Jérôme D’Ambrosio sofreu com a quebra do Kers ainda na sexta volta e completou em 13º, apenas à frente dos pilotos das equipes nanicas.

“Foi uma corrida muito longa e difícil, pois o Kers representa em torno de meio segundo por volta aqui. Larguei bem e estava lutando com Ricciardo e Rosberg, mas, depois da quebra, era impossível manter o contato. Meu objetivo era terminar a corrida, então até que não foi nada mal.”

Fonte: TotalRace

Kimi Brasil 2015. Tecnologia do Blogger.