Raikkonen torce contra chuva em Hockenheim

Às vésperas do Grande Prêmio da Alemanha de Fórmula 1, em Hockenheim, o piloto da Ferrari Kimi Raikkonen cruza os dedos esperando que as previsões de chuva aguardada para o próximo domingo não se concretizem. Para o finlandês, uma pista seca, que não ocorreu na Inglaterra há nove dias, é importante para fazer a Ferrari voltar a brilhar.
Após ter sido obrigado a se contentar com uma quarta posição em Silverstone, onde as más condições do tempo fizeram a escuderia italiana realizar uma prova fraca, Raikkonen espera que a água não volte a atrapalhar na Alemanha. Para isso ocorrer, o atual campeão mundial terá que torcer para o serviço de meteorologia estar equivocado.
"Espero que esteja quente, como é comum em Hockenheim", afirmou Raikkonen, ressaltando que as baixas temperaturas favorecem à McLaren. "Nosso carro realmente vai bem ao calor, onde a degradação de nossos pneus não é tão alta", explica.
Analisando a preparação realizada pela Ferrari para a prova, que incluiu os testes coletivos realizados no circuito alemão na última semana, o finlandês se mostrou satisfeito. "Realizamos alguns treinos aqui que foram muito bons. Tentamos utilizar alguns novos componentes e, julgando pelos tempos que conseguimos, ainda há um ótimo equilíbrio. Brigaremos pela vitória", disse.
Com a experiência de quem já correu em Hockenheim pela Fórmula 1 em seis oportunidades, Raikkonen avalia que a posição de largada obtida para o GP da Alemanha não deve ser tão essencial quanto em outras etapas do calendário. "É difícil ultrapassar, mas o qualifying não determina o resultado como em outros autódromos. Apesar disso, começar na primeira fila deixará minha vida mais fácil".
Gazeta Press

Kimi Brasil 2015. Tecnologia do Blogger.