Ferrari confirma falha na alimentação de combustível

Segundo um porta-voz da Ferrari, as altas temperaturas registradas na Austrália no dia do primeiro Grande Prêmio da temporada contribuíram para um problema no sistema de alimentação de combustível.
Na Austrália, a Ferrari viu seus dois pilotos abandonarem a prova por causa de problemas com o motor. "Foi um problema na alimentação de combustível relacionado particularmente com as altas temperaturas em Melbourne. Isto provocou uma falha nas válvulas dos dois motores", explicou o representante à revista Autosport.
Segundo o porta-voz, a situação foi bem estudada na sede em Maranello e o problema não deverá se repetir. "Não foi um problema de controle de qualidade nem de resfriamento. Trabalhamos duro para melhorar o mapeamento e estamos confiantes que foi uma situação única", declarou.
No início da semana, o brasileiro Felipe Massa, que não completou a prova, havia descartado a influência do calor nos contratempos da equipe na etapa de abertura.
A Ferrari também afirmou que a ocorrência não teve qualquer ligação com as novas especificações técnicas estabelecidas pela categoria para 2008. "Temos de aprender novos métodos para operar os mecanismos", resumiu o porta-voz.
Gazeta Press

Kimi Brasil 2015. Tecnologia do Blogger.